MÉTODO
UTILIZADO

PSICANÁLISE

 

Psicanálise é uma das diversas abordagens que existem de psicoterapia. Trabalha com o inconsciente, considerando que nossas emoções e atitudes são resultados de fatores que muitas vezes não temos total consciência.

 

A partir de uma atitude empática, não crítica, de neutralidade e de não-julgamento do terapeuta, busca-se criar um ambiente seguro para que a pessoa se sinta à vontade para dizer tudo que lhe vem à mente; suas aspirações, sentimentos, desejos, angústias, estressores, sonhos e fantasias, assim como, todas as experiências vividas. Visa entender o sujeito nas suas relações e nas suas conexões. 

O terapeuta busca a suspensão das atitudes, crenças, teorias generalizadas e seu conhecimento das coisas do mundo exterior a fim de concentrar-se exclusivamente na experiência e na visão do mundo que o indivíduo a sua frente tem.

 

Ao contrário do que às vezes se pensa, não é uma forma de terapia que fica presa ao passado, mas que sim abre espaço para memórias não acessadas e primitivas, que são de grande relevância no processo, pois estão agindo no presente, sob a forma de sintomas e de distúrbios físicos ou emocionais, por exemplo.

A psicanálise respeita o tempo e o ritmo de cada um. Utiliza um método não sugestivo, não é aconselhamento; a pessoa atendida tem um papel ativo em seu tratamento e através da confiança que nasce a partir do relacionamento criado entre ambas as partes é possível que aconteçam transformações genuínas.